PIX: A evolução das transações financeiras

PIX: A evolução das transações financeiras

PIX: A evolução das transações financeiras

A tecnologia só evolui e isso estamos percebendo em todos os aspectos, inclusive financeiros. No dia 16 de novembro deste ano, o PIX completou um ano. O sistema de pagamento instantâneo do Banco Central tem 348,1 milhões de chaves cadastradas.

No conteúdo de hoje vamos falar sobre 1 ano do PIX e sobre toda a sua evolução, como: devolução em caso de fraude, pix cartão, pix cobrança, pix garantido, pix saque e pix troco. 

1 ano do Pix

Criado no dia 16 de novembro de 2020, o PIX, sistema de transferência idealizado pelo Banco Central, tem por objetivo facilitar as transações financeiras, além de reduzir as burocracias que envolviam esse serviço pelas formas tradicionais. 

O PIX tem sua funcionalidade através do cadastramento de chaves que servem para identificar todos os integrantes desse sistema. 

Após um ano de uso e de ter se popularizado entre os usuários, esse recurso ganhou novas medidas de segurança.

Com isso, entre elas, estão o bloqueio preventivo de recursos, em caso de suspeita de fraude, e a notificação obrigatória nas transações rejeitadas. O intuito é melhorar ainda mais esse serviço que já conquistou milhões de brasileiros e teve um grande impacto na economia com a sua implementação. Outras novidades do Pix ficarão disponíveis em breve. 

Como o pix tem revolucionado as transações financeiras

O diferencial do Pix em relação a outros meios de pagamento, são a transferência, TED e DOC, ser mais ágil, competitivo e seguro. De forma prática, o Pix permite que transferências e pagamentos sejam feitos em até 10 segundos. O Pix é vantajoso tanto para pessoa física quanto para jurídica. Esses são os principais pontos da sua revolução.

Conforme os dados mais recentes do Banco Central, até o fim de outubro o Pix tinha 348,1 milhões de chaves cadastradas por 112,65 milhões de usuários. Foi perceptível o avanço em um ano de uso do sistema. 

Vale ressaltar que cada pessoa física pode cadastrar até cinco chaves Pix e cada pessoa jurídica, até vinte. Lembrando que as chaves do Pix podem ser distribuídas para mais de um banco. 

Novidades do Pix: pix cartão, pix cobrança, pix garantido, pix saque e pix troco, devolução em caso de fraude

Durante um ano de funcionalidade, o PIX tem trazido várias inovações. Acompanhe quais são elas: 

  • Pix cartão – Para realizar qualquer transação Pix é necessário ter dinheiro na conta. Alguns lugares oferecem a opção de usar limite do cartão para realizar transferências, como um empréstimo.
  • Pix cobrança – É um boleto bancário, que permite com que qualquer empreendedor emita um QR Code personalizado que realiza cobranças automáticas ou com data futura.
  • Pix garantido – Uma nova funcionalidade do sistema que  permite que os usuários parcelem e agendem o pagamento de serviços ou compras com o Pix.
  • Pix saque e Pix troco – No Pix saque, o cliente poderá fazer saques em qualquer ponto que ofertar o serviço, como comércios e caixas eletrônicos, tanto em terminais compartilhados quanto da própria instituição financeira. 

Já no Pix troco é permitido o saque durante o pagamento de uma compra. O cliente fará um Pix equivalente à soma da compra e do saque e receberá a diferença como troco em espécie.

  • Devolução em caso de fraude – Agora, por medida de segurança poderá ser feita a devolução do dinheiro transferido.

De acordo com estatísticas, as transferências entre novembro de 2020 e outubro de 2021 já movimentaram quase R$ 4 trilhões. 

Com um ano do Pix, no primeiro trimestre de 2021 o BC facilitou a integração dos aplicativos das instituições financeiras com a lista de contatos nos smartphones. Isso identifica contatos que o celular possui ou o e-mail como chave Pix, conforme a instituição.

Além dos benefícios do Pix já citados, de acordo com a presidência do Banco Central, novas funcionalidades para  o sistema continuam sendo estudadas.

A App Marketing pode te ajudar

Se você deseja implementar a forma de pagamento Pix em sua empresa, a App pode te ajudar. Acesse aqui e saiba mais.

Deixe um comentário