Fake News: quais os riscos e como evita-la em seu negócio?

Fake News: quais os riscos e como evita-la em seu negócio?

Fake News: quais os riscos e como evita-la em seu negócio?

Você já ouviu falar que manga com leite faz mal? Se sim, saiba que isso é uma fake news, mas agora você deve estar se perguntando, o que é fake news?

Neste texto, iremos explicar um pouco mais sobre o assunto e como ele pode ser prejudicial para empresas e o que fazer para se prevenir de fake news, tenha uma boa leitura e vamos lá!

Entendendo o que é fake news:

Apesar do nome em inglês, basicamente se trata de notícias falsas que viralizam a respeito de algum acontecimento.

Embora sempre existira, com o avanço das redes sociais, a propagação de fake news se tornou algo preocupante. Afinal, qualquer pessoa pode criar um boato sobre você ou sua empresa e divulgar na internet.

De acordo com um estudo da Universidade de São Paulo, aponta que cerca de 12 milhões de fake news foram divulgadas no Brasil sobre política em 2017.

As eleições de 2018 para a Presidência da República foi marcada por muita desinformação, em que muitos candidatos sofreram acusações infundadas, com os casos da Manuela D’ Ávila.

Mas não pense que as fakes news ficaram apenas na política. Empresas também podem se envolver em fake news, trazendo inúmeras consequências para o crescimento de cada uma delas.

Diante disso, é importante estar preparado para evitar essas situações, afinal, elas podem desencadear diversas reações, e em casos de empresas, processos e indenizações.

Muitos se perguntam o que há de ruim em propagar fakes news, por isso, vamos entender isso melhor?

O perigo de espalhar notícias-falsas

Ainda que muitas fake news são relacionadas a assuntos bobos, como boatos sobre assombrações ou bizarrices no mundo, mas existem muitas notícias que se levadas a sério podem gerar ódio e até mesmo retaliações, como no caso da Fabiane Maria, em 2014.

Por meio de boatos, Fabiane teve sua compartilhada em redes sociais, informando que era uma sequestradora de crianças, disso, a moça foi linchada e espancada até a morte por moradores de Guarujá, em São Paulo.

Já no caso de empresas, temos exemplos como o caso da empresa de cervejas, em que teve um vídeo associado a ela, no material, mostrava pombos sendo sugados/triturados por uma máquina enquanto tentavam se alimentar de grãos de trigo usados para fabricar a cerveja.

Na realidade, o vídeo foi esclarecido e na verdade, fazia referência a uma fábrica russa de pães, conforme esclarecido posteriormente.

Em nota, a empresa apresentou que a notícia era falsa, na tentativa de não comprometer sua credibilidade construída depois de tantos anos de atuação.

Apesar de informar que se trata de uma fake news, só esta ação não é suficiente. Por ser um assunto muito sério, é preciso ter muito cuidado e seguir alguns passos para não cair nelas.

Como se prevenir e evitar fake News dentro do seu negócio

Para se prevenir, é preciso primeiro identificar uma notícia falsa, mas como fazer isso? Segue as dicas!

  • Leia todo o conteúdo, e não apenas o título

Não tem aquele ditado: “Nunca julgue um livro pela capa?” é bem nesse sentido.

Notícias em geral tem o objetivo de informar sobre algo ou algum acontecimento, porém, parte desse processo é chamar a atenção do leitor, e para isso, muitos profissionais, como jornalistas e redatores, podem criar chamadas provocativas (o título) com esse intuito.

Por isso, é aconselhável ler todo o texto e buscar mais um meio de informação. Um exemplo de texto assim foi a polêmica do portal de notícias TV Foco com uma foto da atriz Ísis Valverde.

  • Preste atenção à URL

Na era digita, é comum ocorrer de empresas copiarem o design, o layout e o nome de jornais ou sites famosos para que o conteúdo seja rapidamente compartilhado.

Para burlar isso, é importante verificar o URL e a logo, a fim de garantir que o conteúdo é confiável e está no site oficial.

A verificação do site, busque pela empresa no Google, por exemplo, e verifique os links que aparece, para ajudar nisso, te convido a ler este material.

  • Confirme a veracidade do autor

Crie o hábito de averiguar a confiabilidade do autor da notícia que foi publicada. É comum que em fake news sejam publicadas por algum autor anônimo.

Apesar de não ser uma regra, ok?!

Ao se deparar com um autor que você não conhece, verifique nas redes sociais, no Google e em outros meios de busca, quem é o seu criador e o quão confiável ele é.

  • Pesquise a notícia no Google

Quem nunca recebeu uma notícia que algum famoso morreu e correu no grupo do WhatsApp para compartilhar com os amigos ou familiares, não é mesmo?

Mas antes de criar o pânico, pense e verifique a veracidade da notícia no Google. Com uma simples busca, é possível encontrar diversos resultados semelhantes e analisa-los.

Outra dica importante, é verificar a mesma notícia em vários portais, mas em especial os mais renomados e compare as pesquisas.

Agindo assim, você terá um conteúdo mais assertivo em mãos e poderá analisar diversas opiniões de autores distintos sobre o mesmo tema.

  • Utilize o Google Notícias

Para quem não conhece, o Google Notícias é uma plataforma do próprio Google que disponibiliza reportagens divulgadas pelos principais jornais, sites e blogs do país e do mundo.

As informações disponibilizadas são de fontes confiáveis e de grandes empresas, diminuindo o risco de serem uma fake news.

Agora que já sabemos como identificar uma notícia falsa, vamos a parte de proteger sua empresa contra isso.

Protegendo seu negócio

Ao ser vítima de alguma fake news, tenha em mente alguns procedimentos, como:

  • Pronuncie-se publicamente

Não há como fugir nessa hora, a melhor opção é se pronunciar, logo, “quem não deve, não teme.”, esse ato, promove mais veracidade e mostra que são apenas boatos.

Escolha os principais canais da empresa, como redes sociais e outros tipos de mídias disponíveis e busque responder às críticas, lembrando-se de manter o profissionalismo.

Afinal, críticas negativas fazem parte de todas as empresas. Por isso, não se desespere ao se deparar com um comentário desfavorável.

  • Busque interagir com o seu público

Essa dica é para evitar que as fakes news sejam criadas sobre sua empresa. A interação promove mais proximidade com o público, por mais que isso pareça simples, é algo que exige bastante atenção.

Quando se tem essa interação com o público, é mais fácil para saber separar o que são novidades e o que são notícias falsas.

Além disso, fica mais fácil reverter situações em que sejam usadas fake news, pois os clientes já estarão acostumados com a sua linguagem e abordagem, diferenciando o real do falso.

Agora que você já aprendeu o que é uma fake news, como elas são criadas e porque é preciso tomar cuidado.

É se manter firme na era digital e se questionar sobre tudo que está sendo divulgado ou informado.

Se gostou desse conteúdo e não quer perder as novidades, ative as notificações e cadastre seu e-mail e fique por dentro do mundo martech.

 

Deixe um comentário