palapeli

Talvez você não tenha ouvido falar no termo gatilhos mentais, mas já pode ter se deparado com essa prática em algum momento.

Ao acessar um e-commerce, você encontrou um produto ótimo. No entanto verificou que existe apenas 1 item em estoque. Você então se sentiu motivado a comprar esse produto, por acreditar que não terá outra oportunidade de fazê-lo.

Esse é um exemplo muito comum, de gatilho mental da escassez utilizado pelas empresas, e que ajudam a persuadir o cliente. Que sente a necessidade de comprar um produto rapidamente, muitas vezes de modo subconsciente.

Mas além desse exemplo, existem também outros gatilhos mentais que quando usados de maneira adequada, podem influenciar os clientes de maneira eficiente.

Para que você possa entender melhor a respeito deste assunto. Neste artigo, vamos explicar o que são gatilhos mentais e vamos mostrar exemplos práticos, de como aplicar esses gatilhos nas estratégias de Marketing Digital para melhorar as vendas.

» O que são Gatilhos Mentais ?

Você já percebeu, como muitas das atividades que fazemos ao longo do dia, parecem acontecer no “piloto automático”?

Nós não costumamos pensar antes de dar cada passo, simplesmente andamos. Essas ações automáticas ocorrem também em outras inúmeras tarefas em nosso cotidiano, como mastigar, ler e etc.

Isso acontece, porque nosso cérebro está programado para agir de forma espontânea diante de inúmeras tarefas consideradas “mais simples”. E é aí que entram os gatilhos mentais.

De forma resumida, os gatilhos mentais são ações que o nosso cérebro automatiza, para se manter focado em assuntos que demandam maior esforço. Ou então, teríamos um desgaste mental enorme, se fosse necessário refletir a respeito de cada uma das decisões do dia.

» Como eles podem contribuir com os negócios?

Agora você pode estar se questionando, qual é a relação dos gatilhos mentais, com o Marketing Digital e com o processo de vendas?

Essas ações espontâneas que o cérebro executa, também ocorrem com frequência, no momento que vamos comprar um produto, ou contratar uma empresa.

E as empresas que conhecem e utilizam os gatilhos mentais de forma eficiente, conseguem ter um melhor engajamento e resultados das ações de Marketing Digital e de vendas.

1 – Urgência

O gatilho mental da urgência, está diretamente relacionado ao tempo. Ou seja, o cliente em potencial deve sentir motivado a comprar um produto ou mesmo contratar um serviço, dentro de um determinado prazo, ou então irá perder a chance.

Como utilizar o gatilho mental da urgência:

Você pode usar expressões como:

● “Compre até às 15:00 e ganhe o desconto 10%”.
● “ Essa promoção termina hoje”.
● “Contrate em até 12 horas, e pague R$ 150,00. Após esse prazo o valor volta a ser de R$ 500,00”.

Nesses casos, você pode inserir um plugin com contagem regressiva, que cronometra o tempo. E determina o prazo máximo para compra ou contratação, com o valor que foi estipulado.

2- Autoridade

Quando você vai comprar um curso, o que prefere? Que o conteúdo tenha sido desenvolvido por um profissional qualificado com expertise no mercado. Ou por uma pessoa, com pouca experiência profissional ?

A autoridade é um gatilho mental bastante usado, pois nós costumamos buscar naturalmente, quem tem mais propriedade para tratar do assunto.

Como utilizar o gatilho mental da autoridade:

Para destacar sua empresa no mercado, é fundamental se posicionar como autoridade em suas ações de Marketing Digital.

Entregando conteúdos relevantes e que ajudem a solucionar dúvidas dos leitores, através das redes sociais, blog, e-mail marketing.

Dessa forma, sempre que o cliente buscar por algum produto ou serviço relacionado a área de atuação do seu negócio. Terá sua empresa como referência no assunto.

3- Storytelling

O gatilho mental da história, é uma das formas de mexer com as emoções do público. Afinal quem não adora ouvir uma boa história? Ainda mais quando o enredo, trata de uma narrativa de superação.

Mesmo que muitas pessoas não tenham vivido uma situação semelhante, os clientes tendem a se sentirem mais motivados quando as empresas utilizam esse gatilho mental.

Como utilizar o gatilho mental storytelling:

Em uma carta de vendas ou em um conteúdo para o blog, é possível utilizar uma história como, por exemplo: “Conheça a história de Paulo, ex vendedor autônomo passou por inúmeros desafios na vida, e após conhecer nossa plataforma de Marketing, hoje sua empresa fatura alto no mercado”.

Você pode adaptar esse gatilho a qualquer história cativante e real, dentro da sua área de atuação.

» Como você pode acompanhar ao longo desta leitura

Os gatilhos mentais, são ótimas formas de incentivar o cliente a comprar ou contratar um serviço.

Além dos exemplos que mencionamos aqui no artigo, existem outros gatilhos mentais que também podem contribuir de forma efetiva com sua empresa. Como o gatilho da reciprocidade, prova social, antecipação, novidade entre outros.

No entanto, para que eles de fato sejam eficientes é fundamental que eles sejam reais. Ou então, suas ações de Marketing Digital e consecutivamente suas vendas, podem acabar tendo um efeito negativo.

E você já utiliza algum gatilho mental? Deixe conosco o seu comentário.

Deixe um comentário