18

Com mais de 33 milhões de membros brasileiros e mais de 562 milhões no mundo todo, o LinkedIn, plataforma dedicada a conexões profissionais, se destaca por reunir um imenso mercado consumidor.
Segundo a Social Media Trends 2017, o Linkedin é a terceira rede social mais utilizada (46,2%) pelas empresas para fazer marketing, sendo indispensável para sua empresa se seu serviço for B2B. Essa rede social fornece informações valiosas sobre o potencial cliente, recurso útil para surpreendê-lo quando for fazer a abordagem.

» Encontre novos clientes

Hoje os compradores são pessoas mais conectadas, habituados ao comportamento digital e exigentes com o acesso a informações. Procuramos preços, dados e marcas online, quando estamos buscando algo. Levamos esse comportamento para as empresas, e a internet se torna uma fonte de pesquisa para prospecção de clientes.
O LinkedIn é uma rede profissional, sem dispersões e com muito foco para negócios, o que diferencia das outras. Ele traz um histórico importante do perfil profissional o que torna a maior ferramenta de networking profissional que existe na atualidade. Quando bem utilizada, traz ótimos resultados.

» Dedique a sua página

Assim como o Facebook, o LinkedIn possibilita a criação de páginas para as empresas se comunicarem diretamente com o público. Elas são chamadas de Company Pages. Defina uma frequência para divulgar na página novos posts do seu blog, ebooks, materiais ricos e eventualmente conteúdo de outros veículos que sejam interessantes para o seu público.
Além do aspecto profissional, um ponto bastante positivo de investir na sua página no LinkedIn é a concorrência relativamente pequena da rede se a compararmos com a do Facebook, por exemplo. E todas as publicações aparecem na timeline dos usuários que seguem a empresa.
Saiba que as pessoas que possuem perfil no LinkedIn, 27% acessam diariamente, gastando em média 17 minutos por mês na rede. A frequência das postagens ajuda manter sua marca na lembrança do seu cliente.

» Seja influente e não vendedor

Aproveite os grupos como uma ferramenta de localização, identificando oportunidades dentro do seu nicho. Buscar profissionais da sua área ou que tenham cargos específicos e mapear os grupos de que eles participam. O mesmo vale para fornecedores, parceiros e clientes.
Frequente grupos que seus clientes participam. Eles podem ajudá-lo a criar oportunidades para o seu negócio. Discussões bastante comentadas geralmente recebem mais visibilidade, ficando no topo da página. Contribuir nesses tópicos é uma boa forma de ficar em evidência.
Intensifique sua participação nas discussões. Aproveite para compartilhar links de seu blog de forma contextualizada dentro de uma conversa, assim você atrai tráfego qualificado para o seu conteúdo. Ao oferecer conteúdo de qualidade, sua empresa será aos poucos percebida como uma influenciadora.

» Desenvolva uma boa conexão com seus clientes

O avanço da tecnologia alterou o hábito de compra dos consumidores. Com poucos cliques, eles podem adquirir uma infinidade de produtos, e com acesso à informação, chegam mais preparados quando ainda precisam ir à loja. Segundo uma pesquisa do Gartner, grupo de pesquisa e consultoria, 85% de todas as transações serão feitas online até 2020.
Os vendedores profissionais que querem ser bem-sucedidos precisam aceitar que o controle da mensagem sobre o que estão vendendo passou de suas mãos, para as mãos de seus compradores digitalmente colaborativos. Isso significa que, mais do que nunca, é preciso saber como usar LinkedIn para vender.
Ninguém pode ser mais importante para um vendedor do que os seus clientes. Pois um consumidor satisfeito tem o potencial de ser um excelente promotor dos seus produtos ou serviços. Você precisa dedicar algumas horas para configurar a sua presença no LinkedIn e utilizá-lo semanalmente para incrementar os negócios.

Posts Relacionados

Deixe um comentário