Você já ouviu falar em ‘startup’? Não existe uma tradução oficial para ‘startup’, mas ela pode ser considerada “uma empresa emergente de grande potencial”, ou seja, “uma empresa projetada para ser grande desde o início”.

Mas, se você pensou: não é isso que todo empreendedor quer para o seu negócio? Não. Se você optar para ter um modelo de negócio escalável, é necessário muito trabalho e planejamento. E nem todo empresário pensa dessa forma para o seu negócio. A empresa pode permanecer pequena e controlável, e não tem nada de errado nisso.

Para a empresa ser grande e com um alto potencial de crescimento, uma oportunidade deve ser identificada. Nesse caso, é melhor definirmos como ‘a solução para um problema’. A startup necessita de investimento e trabalho árduo, e ainda assim, ter um grande risco por ser tratar de uma organização totalmente moderna.

O modelo de negócio escalável também precisa de investidores para apostarem na sua empresa e na sua ideia. Os colaboradores de uma startup vivem um cenário de incertezas, pois não há como afirmar se o projeto realmente irá dar certo. Então, eles precisam ser insistentes para trabalhar em prol do sucesso. A empresa deve ser planejada para crescer  em receita e continuar com baixos cursos, sem influenciar no modelo de negócio.

Qual é a sua ideia para um modelo de negócio escalável?

É bem comum as pessoas pensarem que as ideias inovadoras geram um grande lucro. Afinal, o criador do Facebook, YouTube e WhatsApp ficaram ricos. Uma das maiores ilusões é achar que a sua ideia vale alguma coisa.

No início, os criadores do YouTube ganharam muito dinheiro porque mostraram para ao Google? Antes, o Google tinha criado o “Google videos” e competia com o YouTube. Ao mesmo tempo, o YouTube já estava no mercado e tinha usuários. Hoje, você não acessa ao Google Vídeos porque ele não existe e a conta do Google já está vinculada ao YouTube.

Nós sempre ajudamos as pessoas a apostarem em ideias novas, principalmente de aplicativos. Só que sem força de vontade da própria pessoa, sem pesquisa, sem uma execução bem feita, não vai adiantar nada. Por mais que você ache que a sua ideia seja boa, ela somente será um sucesso se outros verem algo interessante ali.

E sobre desenvolvimento de aplicativos, nós só sabemos o potencial da ideia no momento que temos o projeto executado. Não por completo, mas algo mais simplificado, mas que tenha a essência da ideia. O projeto enxuto é o que nós chamamos de MVP (menos produto viável). São os usuários que vão dizer se o produto é bom e se a ideia realmente é útil.

Quer investir em um app para a sua ideia? Fazer um MVP? Use nossa calculadora para simular seu projeto.

Posts Relacionados

Deixe um comentário