Levante a mão quem nunca ouviu falar do marketing “cross-channel”.

Agora levante a mão ainda mais alto se você entende os prós e contras de criar uma campanha cross-channel bem-sucedida.

As chances são poucas de você se encaixar na segunda opção. O marketing cross-channel é uma abordagem relativamente nova que está evoluindo tão rápido quanto o surgimento de novos canais de vendas.

Além disso, encontrar a fórmula para o sucesso pode ser complicado. Mas não é impossível, principalmente se você compreende os desafios, benefícios e estratégias.

Pela definição, marketing cross-channel parece realmente simples. É apenas a prática de usar vários tipos de mídia para atingir os consumidores.

Mas isso pode ser bem complicado, não é? Enviar um e-mail, distribuir cartões postais, postar anúncios no Facebook e fim de papo.

Isto é apenas um exemplo de marketing cross-channel, mas os clientes esperam muito das empresas que compram… e uma campanha desarticulada pode fazer mais mal do que bem.

A maioria dos clientes não pensam especificamente se suas lojas favoritas estão chegando a eles através de vários canais, mas eles percebem a conveniência.

Eles querem lidar com empresas que entendem o que eles querem, quando eles querem, e como eles gostam de receber essa informação.

Jogar todos os tipos de informações para eles com a esperança de que algo vai ficar, não vai funcionar.

É por isso que entender os desafios, benefícios e estratégias de marketing de cross-channel pode te dar uma vantagem sobre seus concorrentes.

Os desafios

Com tantas formas diferentes de atingir os consumidores, é fácil identificar os potenciais desafios do marketing cross-channel:

  • Requer muita coordenação – Se você for usar várias formas de mídia para alcançar seus clientes, é importante construir uma campanha consistente em todas as mídias escolhidas. Em outras palavras, esforços bem-sucedidos de cross-channel exigem promoções cruzadas que constroem um do outro.
  • Nem todas as empresas precisam usar todas as formas de mídia. Seu negócio pode não precisar de rádio ou televisão, por exemplo. Talvez ele precise apenas das mídias sociais e do telefone. Entender os canais favoritos dos seus clientes é fundamental.
  • Esteja preparado para gastar muito tempo (e talvez dinheiro) – Com tantos detalhes para coordenar, é bem provável que você precise dedicar um tempo significativo para garantir que cada canal utilizado está sendo alimentado, além do outro canal. Será que isso significa mais gente na equipe? Talvez. Será que vai exigir testes e re-testes, muito provável que sim.

Os benefícios

Embora os desafios do marketing cross-channel possam assustar algumas pessoas que acompanham o assunto à distância, os benefícios podem atraí-los de volta nos seguintes casos:

  • O marketing cross-channel pode levar ao aumento do reconhecimento da marca – Alcançando os clientes através de vários meios, você está reforçando a sua marca através de múltiplos pontos de contato na vida do consumidor. Pense sobre o potencial de superar sua concorrência, não só alcançar mais clientes, mas tornar-se uma marca mais reconhecida.
  • Você recebe dados importantes do cliente – Oferecendo ao seu consumidor escolhas para interagir com a sua organização você conseguirá dados extremamente valiosos que servirão para alcançá-lo em estratégias de marketing futuras. Se você sabe que um determinado grupo de clientes nunca responde às suas notificações de e-mail, mas ama suas atualizações no celular, você está um passo à frente de melhorar suas taxas de conversão (e de diminuir o seu tempo e sua energia em “leads frios”).

Etapas do Sucesso 

Nós já comprovamos que o sucesso com marketing cross-channel começa e termina com dados/monitoramento. Para isso, aqui estão três estratégias que podem ajudar você a melhorar suas conexões e conversões:

  • Combine seus esforços em cross-channel – Uma das melhores maneiras de medir a eficácia de seus esforços no cross-channel é testando os canais através de comunicações semelhantes. Por exemplo, se você incluir o seu número de telefone e endereço do site em uma campanha de e-mail, vai precisar remover o número de telefone de outra campanha de e-mail (mas deixar o restante igual). Isso vai ajudar a revelar a relevância de seus contatos telefônicos.
  • Comunicação interna – Cross – O marketing cross-channel muitas vezes envolve uma variedade de diferentes líderes de equipe. Uma pessoa para as redes sociais. Outra para veículos impressos.Uma para TV. Outra para web, etc. Assim, é crucial para essas equipes o diálogo frequente e entrosado que garanta a coesão da campanha. Eu ouvi uma história recentemente que uma empresa usou um endereço de um site em sua campanha de e-mail, mas um diferente em suas estratégias de mídia social. Mesmo que os endereços levassem para o mesmo site, os clientes que receberam as campanhas não tinha ideia de qual era a certa. A reputação da empresa pautada pela clareza e profissionalismo foi manchada.
  • Considere o cliente – Com o marketing cross-channel, o sucesso depende da sua capacidade de atingir os consumidores da forma e no momento que eles querem ser atingidos. Por isso, configure suas métricas para que elas meçam os canais (ou combinações de canais), que levam aos melhores resultados, bem como a efetividade do timing de suas comunicações.

Sabendo que os clientes normalmente precisam de vários pontos de contato antes de sinalizarem uma compra, o marketing cross-channel tem o potencial de aumentar as suas conversões ao mesmo tempo que melhora a experiência do cliente. Mas, como muitas coisas na vida, o sucesso provavelmente vai levar tempo, energia e visão. Você está pronto?

Fonte: Ecommerce brasil

Posts Relacionados

Deixe um comentário